Dior.

A saia rodopiante com 20 metros de circunferência, o chapéu inclinado sobre os olhos, à insolência no modo de andar… Surge a nova moda em 12 de Fevereiro de 1947. Não se diria um sonho, mas sim a feminilidade encarnada, provocante, voluptuosa, misto de exuberância e elegância que a define a mulher da nova geração, criado por Christian Dior.

1

(foto: Miss Owl)

Em suas criações, mesmo as peças que não pareciam estar dentro dos padrões traziam camadas de armação, acolchoamentos e uso de espartilhos para obter a cintura fina e silhueta desejada.

3

(foto: The Dreamstress)

Reacionário? Não, mas dotado de uma sensibilidade profunda, de um saber intuitivo e de uma independência de visão que são a marca autêntica de um artista.

O tempo passou, e ainda hoje podemos ver sua influência nas coleções dos novos estilistas.

42

(foto: Pure people)                      (Foto: Getty Images)

Por: Amanda Rocha, Amanda Oliveira e Michele Oliveira.

Anúncios
Dior.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s