DIVANDO!

Glamour, sucesso, flashes, autógrafos, quem nunca sonhou em ser uma DIVA? Porém, por trás desses ícones de beleza existiam mulheres mortais, como todas nós. A diferença é que elas não se comportavam como todas as outras, eram ditadoras de estilo, beleza e comportamento.

Quem nunca teve Marylin Monroe como símbolo de sensualidade? Loira e de corpo esculpido, que teve destaque no filme ‘O Segredo das Viúvas’’ no ano de 1951, sabia o que lhe favorecia na moda, mostrando que não precisava seguir tendências. Quem também já se identificou com a enigmática Greta Garbo, onde atingiu seu estrelado em ‘A carne e o Diabo’, uma mulher ousada e misteriosa, mas que não gostava de dar autógrafos e sequer entrevistas. Ah! Sem falar da imortal Bonequinha de Luxo, Audrey Hepburn, estrelando o filme ‘A princesa e o Plebeu’ em 1953, que inspirou milhares de mulheres no mundo todo, com sua elegância e classe.

Foram fortes e deslumbrantes, que com absoluta certeza, mudaram a visão feminina mundial, deixando seus legados, no cinema, arte e moda da década de 50, que ficou conhecida como Anos Dourados, onde os filmes conseguiam mostrar as mudanças e conflitos que os jovens passaram. Assim Fica uma certeza, se as divas e o cinema não tivessem existido, o mundo seria menos belo.

Apresentação1

Imagens retiradas do Google.

Por: Amanda Rocha, Amanda Oliveira e Michele Oliveira.

Anúncios
DIVANDO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s